Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade de Alícia

Tinha uma vida amada
de dois,
um meigo e sincero
outra valente e bela.

Esqueci das datas.
porque no amar
não se faz hora,
nem se conta tempo,
meiga-se no laço!

Rompi o tempo
e esqueci de mim,
mas não dela:
fui por acaso dopado,
por todos os temas de amor
louco, afogado, alado.

No esquecer de mim,
esqueci de plantar.
Muito menos a
terra plantada,arar.

No me olvidar
esqueci de ouvir.

Hoje, peco por isso:
dela não sei mais,
de mim, nem seja buliço!

Não sei onde mais esquecer
tanta saudade que me voa:
da outrora Alícia!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 08/07/2006
Código do texto: T189740
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26777 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:29)
José Kappel