Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração Boêmio

Tenho meu coração dividido;
De um lado a razão... O real;
Do outro, a ilusão... A fantasia
Pobre coração o meu que segue sem destino e sem personalidade;
Coração que machuca meu peito e me reparti ao meio...
Coração alado que voa para onde quer e quando bem quer sem ao menos questionar se era isso mesmo que eu queria
Coração desgovernado, que vai pelo mundo afora se encantando, se deixando encantar e muitas vezes ferindo outros corações pelo caminho.
Coração que bate forte no meu peito e que busca cada vez mais carinho, atenção, calor...
Que nunca se contenta com o que tem e sufoca minha alma.
Coração que se contradiz e me coloca em encruzilhadas do destino
Tenho um coração boêmio, devasso;
Que a muitas encanta e conquista.
Jorge Santos
Enviado por Jorge Santos em 08/07/2006
Código do texto: T189936
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
93 textos (4627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:11)
Jorge Santos