Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

rumo à solidão

ás vezes a gente se sente tão sozinho
sente falta de amor e carinho
viver num mundo de pedras
rumo à solidão
com o coração vazio
sem ter pra onde ir

desertos aparecem a nossa frente
tempestades de areia e vendaval
viver num mundo de paz
como um albatroz
será que é possível ou jamais
será que é possível ou jamais

andando pelas ruas da cidade
altos edifícios e favelas
viver com quem mora nelas
luz do sol sem janelas
e um luar feito vela
luz do sol sem janelas
e um luar feito vela
medhusas
Enviado por medhusas em 22/05/2005
Código do texto: T19008
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
medhusas
Rondon do Pará - Pará - Brasil, 52 anos
50 textos (2307 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:45)