Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida marcada.


Numa cidade:
vi a construção da civilização,
o brilho das luzes da ilusão,
amores perdidos,
labirintos,
mapas verticais internos,
ruas pretas,mal delineadas,
versão do asfalto,
versão da favela,
versão do morro.

Quem pode morar na praia?
Não se tem liberdade,
não falo de nada,
falo da vida.

A montanha vive na floresta
O Rio De Janeiro é minha fazenda
choro pelo Nordeste
mas, sem liberdade
não posso amar...
Amar para quê?
Se posso perder-te...
Ou talvez seja...
Minha grande
minha pequena
vida.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 08/07/2006
Código do texto: T190151
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26292 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:39)
Condor Azul