Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Día de las Madres en la na Plaza de Mayo

Acabou aprisionada em tua boca
a palavra que desceria a guilhotina
Adeus piedoso e mudo

Empoeiradas por ausências
de beijos e de vozes amorosas
teias antigas multiplicam-se

Neste restaurante estrangeiro
onde almoço, escrevo e sofro,
maridos oferecem flores às suas mulheres
Hablan del amor, pasiones
e hijos sobrevivientes
Fico pasmo de encanto

Ali fora, Las Madres de la Plaza de Mayo
reclamam aos generais seus filhos desaparecidos
Fico pasmo de revolta

Neste restaurante estrangeiro
minha saudade brasileira
recorda nosso amor vívido
Sofro os filhos que desistimos de ter

Compro um buquê de flores
que oferece um senhor de terno gasto

Antes de ser mais um grito de revolta
na Plaza de Mayo
esqueço de propósito
o buquê de rosas sobre a mesa

Sepulto juntas minha solidão
e tua lembrança que me enlouquece 


                         Lançamento na 52ª Feira do Livro de Porto Alegre 
                         Dia 31 out 06, terça-feira. Das 19h30min às 21h30min 
                         – Pavilhão Central 
                         Saiba mais sobre o autor
                         www.recantodasletras.com.br/autores/rossyrberny 
                         www.editoraalcance.com.br/ROSSIR.HTM



Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 08/07/2006
Reeditado em 10/09/2006
Código do texto: T190264
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:43)
Rossyr Berny