Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crime e Castigo

Crime e Castigo
================ErdoBastos

Um soldado que erra uma bala
Um pintor que erra uma cor
Um poeta que erra uma palavra
Quando quer falar de amor

Todos, perdem seu sentido.
A nenhum é dado errar.
O erro, só é consentido
a quem se distrai, por amar.

Ninguém está preparado.
Jamais alguém estará.
Ninguém é antes avisado
que o amor está pra chegar.

Pegos sempre de surpresa,
Os corações dos amantes
Contemplam a natureza
de um modo que não viam antes.

E de tal modo apaixonados,
Encontram beleza em tudo
E, mesmo quando estão errados
O amor lhes serve de escudo

Porque o amor monopoliza
Dos amantes toda a atenção
e... vez ou outra um deles desliza
Mas errar por amor, merece perdão.

E estão todos desculpados
Pelos erros cometidos...
Quando estamos apaixonados,
Erramos a cor, a palavra e até um tiro.

Quem se distrai, pensando no amor, erra, mas não merece nenhum castigo.

ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 10/07/2006
Código do texto: T190942

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36902 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:45)
ErdoBastos