Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONCLUSÃO.

Hoje mais que ontem me lembro de ti.
Porque examinei em detalhes, tudo o que contigo passei.
E por essa razão hoje mais que ontem me recordo de ti.

Ontem quando pensava em ti cheguei,de mim, esquecer.
Como se algo de mim se apoderasse, assim distraída nem
Apercebi quando minhas lágrimas começaram a cair.

Hoje mais que ontem estás em mim.
Recordando-me dos pormenores é como se estivesses aqui
Confesso ontem chorei. Hoje já não sofri e nalguns momentos até sorri.

Agora que tu me  viesses outra vez à mente
Nas lembranças a tua imagem ainda muito presente.
Contudo sem lágrimas. Surpreendo-me, visto que estou contente.

Apenas custa-me um pouco crer neste instante, de reflexão.
Que amores vêm e vão. São cataclismos ajustes do coração.
Mais que em ti penso agora em mim em novo esplandecer.

E como conclusão.
Percebo que alguns amores são tal qual aves em dias de verão. Em realidade jamais serão vividos, devendo-se guardá-los lá bem no fundo do coração, servindo apenas para preencher às insignificantes lacunas do próprio ser.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 10/07/2006
Reeditado em 23/03/2007
Código do texto: T191279

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 51 anos
476 textos (16068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:38)
Cláudia Célia Lima do Nascimento