Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BORBOLETAS AMARELAS 

Uma borboleta
amarela ,
entre o cinza
das pedras da rua.
Amarela e
completamente nua,
nao parece importar-lhe
se a pedra acinzenta
a tarde que escurece
beirando o azul escuro
da noite que entardece.
Feliz,
penso comigo:
“que bom que ainda consigo,
mesmo perdida de mim
para comigo,
olhando pela janela,
entre o cinza das pedras,
ver o espetáculo:
borboletas amarelas.”
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 10/07/2006
Código do texto: T191367

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:39)
Débora Denadai