Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARMISTÍCIO

 
De tua cidadela
chama os vassalos.
Celebra com eles
fugaz quietude.

Dize-lhes de ti
e de tuas pelejas.
Dize aos filhos
de seus filhos.

Manda que cunhem
moedas d'ouropel
que levem tua face
e paga tuas dívidas.

E canta...
um canto triste.
Canto à Pã.
Canta aos mortos.
 
Cantilena de guerra
trazida pelo pó
levantado no tropel
de mil cavalarias.

Senta-te à cabeceira
e tece o teu tapete
dos fios das cabeleiras
dos generais insurretos.

Cabeças postas.
Faze um libelo.
Desfere sentenças.
Reza um poema...

2005, 2 Fev
Andrei Portugal
Enviado por Andrei Portugal em 10/07/2006
Código do texto: T191445

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrei Portugal - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andreiportugal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrei Portugal
Fortaleza - Ceará - Brasil, 41 anos
49 textos (3962 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:55)
Andrei Portugal