Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino.

As razões não existem
            quando a lógica nos afasta
            e outra vida segue
            estando nossas almas
            unidas uma a outra.

            Continuar é obrigatório.
            Somos peças do destino
            a trair nossos caminhos,
            sentenciar-nos a camas separadas,
            camas vazias de amor
            suspiros carregados de dor.

            Fecho os olhos e estamos como estivemos
            ao nos reencontrarmos para a maldição se cumprir.
            Tão humanos, corações tão comuns,
            cheios de ilusões em vozes seladas
            em linhas proibidas.

            Dizer do amor assim
            é trair a si próprio.
            É condenação da verdade,
            quando só nos sonhos
            nos tocamos e poetamos
            a concretização dos prazeres
            crendo que algum dia
            venceremos os séculos
            encarnados e livres para nós.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 23/05/2005
Código do texto: T19161
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:16)
Eliane Alcântara