Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terra Pálida

Terra pálida
Euna Britto de Oliveira
Essa cara pálida dessa terra pálida
traz-me cálidas recordações...
São vermelhas as terras que tive de cultivar,
da cor de mim quando eu coro,
da cor de ti quando choras...

Esta noite, não vem se deitar comigo
o moço bonito, de nariz bem feito,
dentes brilhantes e sorriso franco,
peito aberto ao mundo e olhos no infinito...
É noite do escaravelho...

Eu vi mas não pude impedir
as horas graves em que o moço virou velho...
A gravidade das horas é a gravidez de homens sérios...

Uma palmeira cabe na janela,
a outra mostra-se em parte,
como quem está de saída,
como quem se despede...
Certa leitura me ensina,
essa moldura insinua...
Mais tarde é a hora do lobo,
mais cedo é a folga da lua...
Tudo está muito claro,
a vida esta noite está nua...




Caraça, 28/10/00.

--------------------------------------------------------------------------------
Santuário de Nossa Senhora Mãe dos Homens
Caraça - Minas Gerais - Brasil
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 11/07/2006
Código do texto: T191993
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34673 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:37)
Euna Britto de Oliveira