Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UNI-VERSOS EM DESENCANTO

A terra – logo se vê
É um latifúndio de chão.
Se por cá, deserto do viver:
Por lá desilusão.

O oceano - logo se vê,
É um dilúvio de mares.
Se por cá, lamento do querer:
Por lá desolhares.

O céu - logo se vê,
É um manto de estrelas.
Se por cá, miragem do ter:
Por lá perdê-las.

O calvário - logo se vê,
É um destino insano.
A razão deste meu padecer:
Uni-versos em desencanto.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 24/05/2005
Código do texto: T19232
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:36)
Antonio Virgilio Andrade