Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE LOUCO!

Quando me pus a pensar no que é o amor
Viestes a minha cabeça a impressão
mais esplendia senti.
Que louco é o amor!
Que faz sorrir,
Que faz sonhar;
Que tira a fome;
Que faz o ser de tudo, ao redor de si, esquecer.
E muitas vezes, também, faz chorar.

Que tristeza ameaçadora no ar!
Que me furta à paz, enchendo-me de dúvidas.
Meu Deus!
Que é isso?
A tristeza trazendo consigo o pranto.
Chamam a isso amor?
Então, nada mais sei.

Que louco, o que estou a sentir!
Rio e choro.
Já não lembro quando comi...
Choro e rio.
E esse vazio, d´alma se fazendo presente,
Hesito se posso prosseguir.
Que louco é o amor!
Tornando-me molesto...

Por favor, Deus, não me deixai sucumbir!
Quero me esquecer do pranto.
Quero voltar a sorrir
Recordar-me dos sabores da vida.
Regalar-me de corpo e alma.
Quero por interiro voltar a viver.
Que louco é o amor!

Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 13/07/2006
Código do texto: T193270

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 51 anos
476 textos (16062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:30)
Cláudia Célia Lima do Nascimento