Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE EM MEU OLHAR ...


   Se eu te olhar como quem busca sua jugular,
   como quem te retira o ar,
   como alguém a te imantar,
   não faço de ruim,
   não sou assim.

   Perdoa, não é meu fel.

   E se jeito houver, não me leve a mal
   e dê seu perdão a esse mortal
   criado à luz do ser normal,
   do ser voraz, um ser mundano;
   homem, senhor, frágil mentor,
   apenas humano.

   Se em meu olhar tu notares, intensa, uma fagulha,
   versão fiel da imensa jura,
   essa entrega de sutil candura,
   descobriste; sou teu enfim.

   Eu sou assim, apaixonado demais!

   E se de um jeito qualquer,
   eu lhe aguçar o sorriso, corar sua tez, lhe esquentar,
   me dê seu carinho,
   pois já tens um leito em meu ninho,
   com penas doadas por mil passarinhos
   que cantam ao sol,
   que qualham o céu,
   que lavam a dor,
   que me explodem sua luz ... luz enluarada do meu amor!


           Tony Guedes
Tony Guedes
Enviado por Tony Guedes em 13/07/2006
Código do texto: T193317
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tony Guedes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
71 textos (2508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 15:01)