Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longa Espera

De tanto te esperar
Meus cabelos embranqueceram
Minha pele já não brilha
Minhas mãos já não são firmes
De tanto te esperar
E não te ver chegar
O tempo, impiedoso, passou
À velocidade da luz.
Porém, confesso:
Eu ainda esperaria tantas vidas mais
Até que tu viesses cansado
De tanto me ver aqui,
À tua espera
E me levasse com você
E nos desse uma chance
A de viver a derradeira quimera
Leilaa
Enviado por Leilaa em 13/07/2006
Código do texto: T193348

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leilaa
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
90 textos (32596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:35)
Leilaa