Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SINO DOBRA


A velha senhora de preto
A limpar com cuidado a ermida
Arranja-lhe as flores, as rendas
Pensando nos santos do altar
Imagem da Virgem, Seu manto
Nos cantos dos anjos do Céu.

Apenas um pobre penitente
Ocupa o vazio da capela
Ajoelha-se em preces, choroso
A confessar os parcos pecados
Para o Deus por todos temido
Aos pés de Jesus Crucificado.

O sacerdote que guarda o Cálice
Revê os seus ermos desejos
Pelo destino escolhido aplacados
E repensa o peso da fé
Vestida de ausência de mundo
Renúncia de amores, prazeres.

Lá fora, o sino desperta
Para avisar as gentes vizinhas
Das guerras, da fome, da morte
Que há ganância, inveja, ruínas
Há beijos, pernas e cópulas
É a vida presente que eclode.

vitória Paterna
Enviado por vitória Paterna em 14/07/2006
Código do texto: T193606
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vitória Paterna
Santo André - São Paulo - Brasil, 63 anos
133 textos (8673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:12)
vitória Paterna