Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Glória e Morte

A vida deve ser vista,
de um modo peculiar,
inteligente,
foraz,
mas evite ser abrangente.

Entender espasmos da
natureza sem rumo e
sem explicação,
é uma delas.

São perdidos ramos
de glórias fatigadas!

Entender a vida e a morte
são coisas de deuses fainados.

Não procure explicações,
não receba com desgoto,
ou por mero acaso,
reviva apenas as lembranças.

Reviva de cetis,
ou malhas de carmim,
e açoite sua alma
para a luz mais
próxima.

E essa luz agora
o aguarda de dor e
ansiedade.

Sabe, pelos deuses
de mármore:
ela pode estar ao seu
lado
a acariciá-lo,
pode estar dentro
de você a tentar revivê-lo.

A vida é assim:
ninguém ganha aos poucos,
e todos perdem
por encanto!

Até que, um dia,
a vida vem te apanhar:
e vai ser
o dia da glória da morte.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 14/07/2006
Código do texto: T193676
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26781 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:23)
José Kappel