Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CERTEZA

Houve um tempo em que sonhava
com pessoas verdadeiras
naquele tempo acreditava
em lendas, contos e mitos
Enquanto dormi esse sonho
nãopude vislumbrar
que as pessoas são fatais
são caçadores de sua própria alma
mercenários do seu próprio destino
são espectros
bem vestidos de suas fantasias
São ondas inconstantes
derramando suas convicções
no campo da razão perdida...
Imagino um homem sábio
que não encontratrá somente na ciência
a resposta do seu questionamento interior
Acredito no homem que reconhece
sua estupidez e que não teme
esquadrinhar a si mesmo
sob à luz da verdadeira gnose
percebo as contradições afirmadas
as contrariedades dos pensadores
denotando a irracionalidade contida
na dialética humana
sufocando os prinicipais paradigmas
que outrora preservavam
a nossa espécie!
O homem se perdeu
ao encontrar a sua certeza!
Ao não crer na verdade
revelada por seu Criador!


Luciano Costa
Luciano Costa
Enviado por Luciano Costa em 14/07/2006
Código do texto: T193687
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Costa
São josé do Seridó - Rio Grande do Norte - Brasil, 38 anos
640 textos (82412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:00)
Luciano Costa