Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESVIO PELA CURVA

Sei que assim não vou muito longe
Mas este rumo vai mudar
Já está bem mudado
O que antes eu quis mudar;
Fico aqui na rapacidade
No escuro desta noite sem luar
Restituindo às lacunas
O brilho de um olhar;
Um triste movimento
E uma lágrima cai
Aquele arrependimento
Enfim me sai;
Atiçando o fogo sobre a palha
Era o tempo justo
O rosto ferido com navalha
Escorre o sangue por seu busto;
Loucura minha na caligrafia
Meus dentes rangem sem chorar
Estou munido de alegria
E isso é o que posso falar;
Não mais louco
Mas agora sóbrio
Já posso me lembrar
E espero um pouco;
Eu tinha um pensamento
No qual curva eu quis dar
Essa tal liberdade
É que me fez desviar.
Damaso
Enviado por Damaso em 14/07/2006
Código do texto: T193709
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Damaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
326 textos (17038 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:15)
Damaso