Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tática

Entre tantos porquês sem resposta
Tento esperar o menos pior
Encontrar nas pessoas alguma verdade
Buscar nas coisas a realidade
Entre tantos sinais de maldade

Tento entender o porquê do existir
E ainda mais o porquê do sentir
Tudo tão inexplicável...
Como tentar ver além da pele
Como tentar ser além do corpo

Tento sentir...
E ver algum sentido nos sintomas
Tento saber...
E ver alguma clareza nas idéias

Mas nada parece ter nexo
O ser humano não sabe ser humano
E a nossa mente não é capaz de desvendar
Tantos mistérios ao meu redor

E a ciência com seus números e formas...

Cada vez buscando um novo significado
Eu tento me entender
Tento entender tudo
Mas tudo que eu sei é quase nada...

Não sei explicar lágrimas e não posso ver sentimentos
Não sei entender a vida e não posso prender o afeto

Tenho tanto a expressar
Mas são só palavras vazias no infinito...
E não sei muito de semântica
Nem de matemática
Pra somar e mostrar tudo que penso...

Fico perdida entre tantos conceitos
Detida em tantos princípios
Mas eu não sei nada
E nada é quase muito
Quando não há mais o que dizer...
Lua Minguante
Enviado por Lua Minguante em 24/05/2005
Código do texto: T19432

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lua Minguante
Mococa - São Paulo - Brasil, 26 anos
53 textos (9867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:07)