Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Madrugada

Nossa normalidade escarrada cara a cara
Pessoas estranhas na madrugada
Buscando prazeres pouco viáveis
Dores da ausência
Sexos em evidência
Ligações, conversações, imaginações
E um nada pra entender, outro alguém pra conhecer
Um anti-fluxo, refluxos num outro jardim
Abdicando de todo luxo para ver o que resta a mim
Estranhamentos, contentamentos tão simplórios
Logo após o chão, a essa toda depravação
O dia amanhece
A madrugada sem rumo, sem dono
Então se esquece.
M K
Enviado por M K em 24/05/2005
Reeditado em 24/05/2005
Código do texto: T19433

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcos Vinicius Kaminski Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
M K
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
52 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:11)