Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a fuga



 

a fuga pode ser o mar,

olhar-te os lábios,

olha, oferecer-te flores

abraçar-te, compondo emoções

em pauta inventada de  Shumann,

desligar de vez a MTV,

colocar-me ao teu regaço a quilómetros de distância

mesmo ao pé de ti.

 

não fales, as pombas do outro dia estão a voltar

e com elas corre o mel tão longínquo,

e que lhe posso tocar.

 

os minutos são horas macias

que dispendo na atracção que crias,

 

onde encontraste este halo de certeza

que o belo emana do teu olhar?


também podias não ser bonita

mas eu tinha de ser outro

e não este penar...

 

como eu te encontro sempre na fuga...

e no entanto a história podia ser outra,

se a árvore vivesse livre

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 15/07/2006
Código do texto: T194375
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:05)
Constantino Mendes Alves