Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS ESTRELAS POR TESTEMUNHAS

Deitado nas areias brancas da praia,
Falava com as ondas do mar
De meus amores e desamores...

Ali... Ali estava a confidenciar meu “eu”,
Minha vida, meu ser, minh’alma.
Ali! Eu ao balanço das vagas da maré...
Falando de minhas dores,

Com a lua a banhar-me,
E as estrelas a cobrir-me
Com seu cintilante manto,
De luzes e cores, sem igual!

Naquele momento o luar
Dominava meu destino,
E as estrelas a bailar,
Felizes, no éter a vagar,

Eram mudas testemunhas
No silencio do firmamento,
De minhas desditas e agruras...

E por fim, somente o mar
E as estrelas, sabem o quanto
Sofre em silencio, por amar,
Este pobre coração. Por ter
Permitido su’alma liberta, sonhar!

umvelhomenino
MORDEGANE
Enviado por MORDEGANE em 25/05/2005
Código do texto: T19505
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MORDEGANE
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 61 anos
69 textos (5654 leituras)
1 áudios (35 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:25)
MORDEGANE