Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde de novembro:



Ela chegou, com o circo.
Numa tarde de setembro
Trazia nos pés sua dança
No corpo toda sua beleza
Desfilando pelo picadeiro
No seus pés sua herança

Seu canto a todos cativava
Seus pés deslizavam livres
Naquela pista improvisada
Pobre, feita de chão batido.
Onde, dançava suavemente.
No ritmo, de sua castanhola.

A todos nós ela conquistou
A ninguém disse seu nome
E se disse, eu não lembro.
Um dia ela partiu ia sozinha
Deixando o circo para traz
Em uma tarde de novembro

O velho circo virou tapera
Como a pista improvisada
Que ela abandonou um dia
Sem ao menos se despedir
Deixando apenas, saudade.
De sua dança, e sua alegria.


vovonei

Pelotas: 13/07/06


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/07/2006
Código do texto: T195097
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147458 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:23)
Volnei Rijo Braga