Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Dia Ela Volta

Corre o tempo desvairado,
Corre a vida despencada;
não sou horas nem espaços,
trituro meu pão na massa crua.

Despenco minha esperança
na terra fria e sem par;
ali talvez encontre
tudo o que perdi de falsa
herança!.

Foi ela, misto de céu e ômega
entrelaçada de ramos e ortegas,
que conheci a pérola dos homens
a querência santa dos desperdiçados.

Hoje, sei que foi ela,
o início de minha vida
e, por lucidez, os santos caóticos,
me fizer perder,
assim,
igual a um sôpro, ela deixou meu mundo.

Sei não, sei não, eu perdi o meu mundo,
mas não sei se ela achou o dela.
Porque, no mundo, tudo é relativo:
um dia, ele trás de volta,
meu recheio de paz, minha vida,
meus paralelos de amor
que se fecharam
atrás de alguma mágica alquimia.

Um dia ela volta augusta,
cheia de perguntas
de amores de mim.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 16/07/2006
Código do texto: T195146
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:50)
José Kappel