Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendiz

Ando envolvido com a estranha alquimia de setembro,
pesquisando as mutações lunares nas sonatas das marés,
estudando, à exaustão, a vocação da luz
nas observações sonâmbulas do farol.

Ando ocupado a decifrar o alfabeto do sol
no balé aéreo das abelhas, na orientação geográfica das formigas,
com o código estelar que guia os pássaros em noturnas incursões,
com a influência das temperaturas no relógio da roseira.

 Ando envolvido a estudar o itinerário circular dos cata-ventos,
as navegações sem bússola na elíptica dos girassóis.
Tenho me dedicado a entender o fuso horário da insônia
e a decifrar as sílabas de luz dos vaga-lumes.

Ando aprendendo socialismo com as laranjas
que dividem o sol, por igual, na laranjeira.
Tomando filosóficas lições de humildade
com o ipê  que sede a seiva para a arte das orquídeas.

Tenho relido Neruda na insurreição das ondas  reclamando residência...
Na canção desesperada que o mar canta nas conchas.
Ando sempre ocupado observando a primavera
que em bando aborda a praia no regresso das gaivotas.

Estou sempre me ordenando aprendiz de poesia
toda vez que os gerânios se embandeiram de aurora,
na fase nova da lua quando a noite excita os gatos
e um violino rebelado vem cantar dentro de mim.



Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 16/07/2006
Reeditado em 17/07/2006
Código do texto: T195570

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:19)
Vaine Darde