Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Tempo

Bom de bola,
bom de gude,
bom de criança,
criança desfeita,
de palha-só,
um dia foi tempo,
hoje é pó.

Tempo do bem-feito,
dos mocinhos de ouro,
que atravelaram no seu
tempo e não
voltam mais.

Se quer segura essa:
faz da bola do tempo ,
um doce com gosto de sal,
sacode a terra,
põe mais sal,
e entrega na porta
dos reis da vida:
pois eles só
usam os dias
prá  fazer querer mais
pra fazer esquecer
demais!

Doce Tempo !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 17/07/2006
Código do texto: T195614
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26786 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:43)
José Kappel