Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fogo-fátuo

Do trigo que amamenta o pão;
Do negro que inebria a noite;
Do lábio que destrava o beijo;
Do corpo que incendeia a vida;
Do toque que semeia o leite;
Do pêlo que recobre a pele;
Do sonho que acorda o dia;
Do ventre que alardeia o nome;
Do abraço que enternece a dor;
Do louco que acalenta o sonho;
Do fogo que destrói o monstro;
Do mago que aclara a dúvida;
Do fado que balança o berço;
Do ímã que afixa a prosa;
Do erro que exclui a mente;
Da seiva que escorre da flor;
Do nada que expurga tudo;
Do tudo que me falta, o nada!
Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 25/05/2005
Código do texto: T19571

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351740 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:21)
Nel de Moraes