Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(imagem "Tentações", de Ana Mascarenhas, www.thousandimages.com)

A VIDA TOMOU POSSE DA CASA

A vida, sem muito explicar,
chegou hoje tomando posse
dos meus espaços, da minha carne,
deitou-se na minha cama,
deixou-me só um canto escasso
onde eu pudesse sentar.
Revirou minhas gavetas,
jogou fora o que quis,
botou um vaso de violetas,
tingiu o dia de um lilás,
assim num tom meio feliz
e me mandou passear.
Subiu aos meu sótãos,
liberou os pássaros janela afora,
passou vassoura nos porões
e botou os ratos pra fora.
Olhou pra mim, sorrateira,
e disfarçada, matreira,
escancarada meretriz,
me escancarou um sorriso,
alvo e cheio de dentes,
e foi dizendo contente:
“Tá olhando o quê, minha santa...
vá tratar de ser feliz!”

 

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 17/07/2006
Código do texto: T195793

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:29)
Débora Denadai