Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Armadilha poética

Sentir a alma na veia pulsante
E o sangue jorrando na alma errante,
Os pés calçando pares trocados
De sapatos que não são seus.
A mente na contramão da obrigação,
Um filme verídico fora
E um delírio interno cegando os olhos
Buscando rimas,
Descompondo emoções cotidianas.
Rosimere Ferreira
Enviado por Rosimere Ferreira em 17/07/2006
Código do texto: T195809
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosimere Ferreira
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil
116 textos (6349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:06)
Rosimere Ferreira