Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BODAS DE PRATA

Há vinte e cinco anos
traçamos os mesmos caminhos,
acordamos ao halo da mesma luz
e sonhamos com as mesmas coisas.

Andando lado a lado,
a minha mão procura a tua
e ao leve som de tua voz
os meus olhos visitam os teus.

Os meus lábio nos teus
têm um sabor antigo
de amoras maduras,
adocicadas pelo tempo.

Tudo depende da uva,
os bons vinhos envelhecem
em barris de carvalho
e o seu bouquet evolui
para aromas mais fortes,
como o da baunilha.

Quem diria...
o tempo bebeu conosco
na mesma taça,
do mesmo vinho.

José Luongo da Silveira
Enviado por José Luongo da Silveira em 18/07/2006
Código do texto: T196301
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luongo da Silveira
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (1180 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:08)
José Luongo da Silveira