Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

seria



 

 


seria só as nuvens
e uma chuva antipática
que urdiriam o dia como segredo

Deus era congressista do concílio do mistério

um espermatozóide subiria o útero sedento

o metrónomo marcaria o tempo

todos em passo lento

Pessoa escreveria Pessoa

a violeta brilharia na florista

concordata na gaveta

o lindo canário comeria alpista

o flamingo, a catatua, o peixe pombo

balançaria na preguiça da cadeira de baloiço

como a lua Luís mentiria a Susana

o sol na janela

o cão atrás do gato

sentido e direcção, pois claro

um automóvel e um sapato

a voz e o silêncio

José beberia o verbo
pateta,pateta,pateta

o preto no branco

o cavalo e a lengalenga

com a paz e a possível misericórdia

sem ordem e tudo direito

Garcia venceria o himalaia

lendo todos só leria um livro

o horizonte mais perto

e cantaria o hino

o ímpossível mas com tento

a geada mas um dia lindo

quase redonda seria a bola

de cuecas e em chinela

e com casaco

a Russia , a China e todo o mundo

o actor no palco

o mar e o domingo

outra palavra para sexo

a arte e o poeta

o café com leite, o pão com manteiga

o abraço , o afecto

mais um beijo nela

dançaria no cinzento



hoje, no futuro, não me arrependo

 

 

 

 

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 18/07/2006
Código do texto: T196346
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:41)
Constantino Mendes Alves