Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Charrete do Amor Falido

antigamente só andava
de uma falida
charrete.

ora pra cá,
ora pra lá.

via toda
a cidade,
sem perder
um só gole
de mulher.

hoje, crescido,
amei uma mulher
que igual à charrete,
tava falida,
mas eu enlaçado de
amor,
fui andar com ela.

resultado: ela
só queria meus centavos
e levou tudo que mais pôde.

hoje,
ela passeando de bonde
quando me vê, canta em ária:
lá está mais um otário,
na charrrete de seu vigário.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 18/07/2006
Código do texto: T196463
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 23:57)
José Kappel