Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão...

Coisa estranha e misteriosa a solidão!
Deixa-me dúvidas, enraizadas na mente e no coração...
Estamos sós enquanto dormitamos no ventre,
estamos sós quando nos esquecem na campa da nossa consumação?
Solidão palavra batida,
que remoemos quando o amor de nós se afasta,
quando em meio ao burburinho das festas,
não encontramos quem nos direcione atenção!
Solidão?
O que então seria?
A falta de coisas queridas,
ou coisas queridas que nos escapam das mãos?
Estágio, estado, etapa,
momento de profunda reflexão!
A solidão é uma ilusão que em nós se instala,
movida por puros sentidos sobre privação...
A minha solidão mais pranteada,
é a mais gozada...
Com o passar do tempo- e o tempo sempre passa,
foi o motivo de enormes gargalhadas!
Sempre sobrevivemos após retirarmos estas estacas,
com as quais nossas mãos empalam os próprios corações!

18/07/2006
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net 
http://groups.msn.com/CasaDasLetrasEDasArtes/general.msnw?action=get_message&mview=0&ID_Message=80953&LastModified=4675584342231361676

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 18/07/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T196883
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173711 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:15)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor