Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentidos sem sentido


Sentidos sem sentido
================ErdoBastos

Queria ter, ainda, o direito
De estender a minha e tocar tua mão
De aconchegar-te, junto do meu peito
Aliviando-me esta solidão

Queria ter este direito sempre
De te beijar, antes de dormir
De aconchegar-me, te sentindo rente
Seguro e calmo, afinal, me sentir

Me tira a calma e me atormenta a vida
Este vazio que tua ida deixa
Espero a volta, espera sofrida
Sofrer profundo, onde ecoa a queixa

Do coração, e de cada sentido
Que o tempo todo a tua falta sentem
Sofrer que emana apenas um gemido
Que leva o corpo, a renegar a mente

Pra que não pense mais no teu amor
Cada sentido fecha seu canal
Não sinto cheiro, paladar, nem vejo cor
Inerte e insone, castigo infernal

Não ouço nada, nem sinto calor
Apenas finjo que viver consigo
Carrego a vida, do jeito que for
Até que voltes a estar comigo

Que sem teu amor, viver não tem sentidos...

 
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 19/07/2006
Código do texto: T197010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36901 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:55)
ErdoBastos