Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESATINOS INCONTIDOS

o espelho que nos espreita
confunde,ofusca imagens
que se tocam , somem
entre o quarto e as sombras

reflexos e aromas ainda no ar
do piano triste que não descansa
sem desejar parar
a melodia sempre a sussurrar

incontido é o grito da alma
que deixou o momento passar
sem conseguir
nas asas do presente voar

busco a noite dos sonhos
o que dentro encontro
pedaços -unidos, vividos-inteiros
lembranças na poesia acordada

as flechas lançadas
os instantes perdidos
nos desatinos desenfreados
encontrei o destino sem destino.

19/07/06
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 19/07/2006
Reeditado em 19/07/2006
Código do texto: T197411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3340 textos (90976 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:26)
Maria Thereza Neves