Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORESTAS

Imensas árvores, carvalheiros,
Chegando quase nas nuvens tocar;
Audazes ribeirinhos canoeiros
Que levam a vida a pescar.

Animais ariscos e hostis,
Seres visíveis ou imaginários;
Límpidas águas anis,
Infinitos personagens lendários.

Locais inatingíveis e sombrios,
Fascinantes cachoeiras esguias;
Incontáveis sensações de arrepios,
Tema constante em poesias.

Há sobre elas assunto
Que jamais poderia esgotar
 E para simplificarmos num “conjunto”,
“Infinito” o vamos chamar.

Será que tudo ali é real
Ou é pura imaginação?
Mas de um modo radical,
Não há igual emoção.
Guilherme S N Duarte
Enviado por Guilherme S N Duarte em 19/07/2006
Reeditado em 19/07/2006
Código do texto: T197467
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme S N Duarte
Santa Luzia - Minas Gerais - Brasil, 49 anos
8 textos (339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:27)
Guilherme S N Duarte