Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um whisky, um bolero:




Um bar dançante
Uma mesa, um whisky.
No fundo a voz do cantor
Cantando um antigo bolero
Não sei porque, aquela canção.
Troce-me lembranças amargas
De um passado bem distante
Que eu pensei haver esquecido
Mas agora sei que não e possível
Pois aonde vou sempre tem alguém
Para trazer de volta meu passado
Ate mesmo uma melodia, me diz
Que meu passado não morreu.
Olho, em minha volta ouço risos.
Vejo pessoas felizes que brindam
A sua própria felicidade, talvez
Ou quem sabe a minha infelicidade
Não sei porque, mas eu penso assim.
Pôr isso peço, outro whisky ao garçom
Que me avisa, que é hora de fechar.
Olho e vejo que o bar já esta vazio
Apenas eu e aquela mulher sentada.
Em uma mesa ao fundo, parecia chorar.
Pensei comigo, será mais uma colega.
Com um passado triste igual ao meu
Caminhei entre as mesas até junto dela
Ofereci-lhe minha mão, ela perguntou-me
Porque: - não sei, foi a minha resposta.
Mas quem sabe, podemos ficar juntos
E buscarmos um lugar só para nós.

vovonei

Balneário dos Prazeres
24/06/06
 

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 20/07/2006
Código do texto: T197754
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:31)
Volnei Rijo Braga