Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poemas Tristes II

Hei de escrever um poema feliz!
Sei lá quando...
Isto eu sempre quis.
Sem amores partidos,
Naufrágios ou despedidas.
Apenas dias ensolarados,
Jardins perfumados,
Viagens fantásticas,
Chegadas.
Mas, por enquanto,
O coração é um poço profundo.
E os poemas, coitados...
São esses maltrapilhos,
Viajantes moribundos,
Que vagueiam no papel,
À espera de atenção.
E quem os lê desprevenido,
Logo sente a emoção.
Versos tristes são caminhos
Que se trilha sem querer
O culpado?
Ah...só podia ser esse
bandido
Cujo nome é  "CORAÇÃO"!
Leilaa
Enviado por Leilaa em 20/07/2006
Código do texto: T198276

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leilaa
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
90 textos (32596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:15)
Leilaa