Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antes que o sol se ponha

Antes que o sol
se ponha para sempre,
antes que o vento,
mensageiro meu,
se vá eternamente,
antes que o dia termine
em minha vida e a noite
chegue em escuridão de matar,
preciso dizer,
pela última vez:

Te amo, te amo, te amo.

Sei que você já o sabe,
mas a paixão infinita
que guardo em meu coração
e a ternura implantada
em meu ser,
me obrigam docemente
a repetir estas
palavras à você.

Elas me dão
tão grande prazer,
que sinto vontade
de gritar ao mundo,
a magia entorpecedora
que invade meu espírito
quando em você
surdamente penso.

Você conquistou meu coração.
Fez o impossível acontecer.
E agora és meu puro amor.

Por você eu seria capaz
de derrotar o mundo,
o meu mundo interior.

Imagino o que seria de mim sem você.
Talvez estivesse chorando,
talvez morrendo de desolação
num cantinho escuro
de um lugar qualquer.

Por isso, eu repito
estas meigas e doces palavras,
que saem do profundo do meu ser,
quase que sussurradas,
para que apenas você as ouça.

Amo-o, amo-o demais.

Creio que sem ti
não poderia existir
a felicidade completa
em meu coração.

Ao falar estas palavras
o meu coração se eleva
para as mais altas emoções.
Se eleva até você.

E agora ao ouvir
estas palavras sussurradas
apenas para você, esqueça-as.
Apague-as de tua memória
e de teu coração
para que não precise
vivê-las.

Não as deixe ali ficar.
Porque tudo o que fica,
anela ser vivido
intensamente.

Como vivemos nós...
Maria
Enviado por Maria em 21/07/2006
Reeditado em 05/03/2007
Código do texto: T198611
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185897 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:35)
Maria

Site do Escritor