Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A rosa , a mulher e a Boemia

A rosa , a mulher e a Boemia
======================ErdoBastos

Ficas jogando conversa fora
Pela rua, de madrugada
Celebrando a “velha senhora”
Como a noite é por ti chamada

Envolves-te no véu que ela veste
Embriagas-te do lume da lua
E sofro, porque me compete
esperar-te, aqui, na cama, nua.

Até que chegues, cansado
Trazendo a viola arranhada
Feliz e embriagado
Dizendo que sou tua amada

E a rosa, no canto jogada
As pétalas todas caídas
Perdidas de madrugada
Nas calçadas distraídas

Mas assim mesmo, uma rosa
Sempre  traz consigo a magia
Faz a espera virar bela prosa,
E a noite, acabar em poesia


hehehe Haverá quem pense que o "poeta" virou a casaca?
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 22/07/2006
Código do texto: T199244

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36903 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:23)
ErdoBastos