Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céu de Estrelas


Hoje em meio a dor e solidão,
caminhei pelos céus
atrás das estrelas.

Não encontrei a que procurava,
mas surpreendi-me com a profusão
de tantas que encontrei por ali.

Embriaguei-me com suas palavras
e derramei lágrimas
de pranto sofrido
com seus profundos sofrimentos
de dor e lamentos, os mesmos meus.

Encontrei muitas estrelas tristes,
em profunda melancolia,
já quase sem brilho,
deixando-se levar ao ocaso.

E tantas outras,
brincando com a vida
e os seres viventes,
como se não tivessem valor.

Vi também magníficas estrelas
com brilho único,
que de tão iluminadas
me fizeram refletir sobre a vida
e sobre o infinito glorioso
que move o céu
e as outras estrelas, o amor.

E foi neste instante,
quando contemplei a majestade
do universo desses astros
que apontam caminhos
de trevas e luz,
que descobri:

Não há lugar para vaga-lumes
neste céu imensurável
de estrelas luminosas!

Maria
Enviado por Maria em 22/07/2006
Código do texto: T199285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4550 textos (185920 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:07)
Maria

Site do Escritor