Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando

Angélica T. Almstadter
 
Sei dos teus desejos, dos teus anseios
Conheço teus olhares nos meus
Conheço teus silêncios, teu falar pausado
Sei de ti tanto e mais do que preciso
Dos teus desalentos, do teu corpo os meneios
Quando me abraças e quando te calas
E te fazes enigmático, afastado
Cifrado.
Te gosto assim indeciso, conciso
Quando me procuras ansioso
Amoroso
Te gosto assim carente de mim
Com os laços frouxos, liberto
Pronto pra mergulhar receoso
Quando me parece tão certo
Disperto, deserto
Quando me olhas intrigado
Preocupado, interessado
Quando te fazes insinuante
Quando ficas de mim distante
Quando me vês e segura as palavras
Quando bebe feliz minhas lavras
Da verve disparada e descompassada
Sei de ti o que em mim dispara
Sei de ti os medos, alguns segredos
Sei do teu coração cheio de esperanças
Batendo como o de uma criança
Perdido na paisagem sonhando
Relembrando
Enquanto eu me guardo inquieta
Para quando te puder confessar
Quando em ti puder encantar minhas promessas
Quando de perto puder sentir o teu pulsar
Me entregar sem pressa e até as avessas
Quando me puderes enxergar como sou
Quando entender e aceitar o meu querer
Quando não mais precisar fugir
Quando puder dizer onde estou
E porque estou a existir...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 26/05/2005
Código do texto: T19976

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55629 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:21)
Angélica Teresa Almstadter