Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste decepção

Triste decepção
============ErdoBastos

Não tirava os olhos de mim
Na fila do cinema
Quando o filme chegou ao fim
Continuou o dilema

Porque será que me olha tanto
Se nem tão bonita eu sou
Me segue de longe, disfarçando
Mas vai sempre aonde eu vou

Entre tantas, me escolheu
Pra lançar-me os seus olhares
Porque não outra, e sim eu
Se em volta existem milhares

Vou chegando ao fim da avenida
Ainda muito intrigada
E ele, me segue ainda
Por toda a caminhada

E entro na rua escura
Que não tem nem luz nem asfalto
Quando ele o passo apura
Me alcança, e anuncia o assalto

Entreguei tudo o que eu tinha
Paralisada com a situação
Queria dele uma risadinha
Mas me veio com a arma na mão

Depois de me assaltar,  ele disse
-  Que bom que vc não reagiu
Ficaria triste se te ferisse.
E eu respondi: - Já feriste!.

Não com a arma que tens na mão.
Mas com esta nova que usaste.
Nunca usada por outro ladrão,
esta arma que tu me mostraste

Tua beleza e sedução
Me impediram de me prevenir
Avaliei com o coração
Porque estarias a me seguir

Qualquer arma, hoje em dia
Estão usando os ladrões
Nem o revolver nem a lâmina fria
Hoje assaltam usando nossos corações...


ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 23/07/2006
Código do texto: T200129

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36906 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:05)
ErdoBastos