Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fetutine Verde com Calabresa!

Prega o selo na cruz,
Por conta daquilo que conta
Dados falsificados, números bandidos,
Madeira molhada querendo pegar fogo,
Bate gota, filetes batidos, barrados,
Barraco a céu aberto, rasgo no pano,
Dor de barriga não dá uma vez só,
Ar pesado na fornalha adiante,
Binóculos para ver pêlo em ovo,
Hora partida, entre & saia amanhã,
Bica no pé da mesa, joelhos aflitos,
Tudo pendurado na conta, metais,
Álbum gravado, imagens oscilantes,
O nervo balança tremendo de frio,
Correr por ficar muito tempo parado,
Dos outros, é que sobram reclamações,
O mundo perfeito, desde que nada contrarie...
Agora mamar na vaca ninguém quer!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 23/07/2006
Código do texto: T200428
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:18)
Peixão