Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu te amo (II)

Angélica T. Almstadter

 
Queria que tivesses a certeza da grandeza do meu amor
Que se multiplica pelo pólem das flores
Que orvalha nas manhãs como o meu pranto sincero
Queria que sentisses o meu amor entrando pelo teu coração
Como uma lufada de vento nas manhãs de inverno
Queria te dar a primeira é a última gota desse amor
Que me move e remove do peito todos os rancores
Me faz adormecer nas ilusões que nos meus versos tempero
Que passeia na minha emoção
Queria que notasses esse amor tão terno
Que é frágil mas tem a pureza de uma flor
Queria que soubesses o quanto eu te amo
Mesmo quando eu não te escrevesse uma linha sequer
Queria que sentisses a batida do meu coração
Os arrepios e tremores que sinto quando te chamo
E essa enorme alegria de ser tua mulher
Porque em cada dia que acordo no teu viver
Me faço uma nova pessoa...uma nova canção
E diante dessa alegria de te pertecer
Não existe termo de comparação
Eu vou me repetir como tantos o fazem
Cair na mais popular expressão
Eu te amo!
Como se fosse minha oração também!
Amém!
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 27/05/2005
Código do texto: T20081

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55627 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:59)
Angélica Teresa Almstadter