Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdoa-me, Poesia

Angélica T. Almstadter

Com a face encarquilhada e sem esperanças
Recolho-te filha dos meus sentimentos
Retiro-te das lides...pra longe dos olhares
Perdoa minha insistência...minha carência
Só eu conheço as tuas nuanças
E só tu conheces os meus momentos
Me perdi em tantos mares e lugares
Te queria levar não só de aparência
Mas profunda como só tu podes ser
Te escancarei as portas sem reserva
Esqueci o pacto que nos une
Tantos olhos passaram sem te ver
Te joguei alhures à caterva
Meu coração apertado te recolhe em cacos
Perdoa-me amada companheira
Se não te fiz minha amante primeira
Volta e traz de novo teu lume
Vamos varar as noites em aconchego
Nos braços da nossa solidão
Perdoa meu coração afoito e sem juízo
Foi preciso verter em lágrimas minha dor
Violentar meu grito silencioso
Para que eu recobrasse o siso
Perdoa meu egoísmo...meu desamor
Meu peito palpita ansioso
Recebe em teus versos minhas emoções
Dá-me a tua companhia amorosa
Novamente sem receio e restrições
Sê comigo pacienciosa...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 27/05/2005
Código do texto: T20124

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55638 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:31)
Angélica Teresa Almstadter