Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Com um uivo cravado no ar...

Com um uivo cravado no ar
Neste vasto que se soma noite
Pela boca em finas seivas, amar
Toma da Lua o ar grave
Da insônia intensa e sonora
Lascas de solidão pela ladeira
Nessa voz que clama paixão
Ame a esse fantasma do mar
Naufrago de tantas extensões
Em ávidos rompantes que rasga a roupa
Pirata de beijos cibernéticos
Deflorando tuas carnes nuas
Esse ar fresco da madrugada
Que te entumesce na sólida manhã
Quando busca no Sol o claro da vez
E o fantasma se vai sorrateiro
Em busca de sombras e outras águas
Esperando o teu novo chamado
Rasgando em uivos a noite que em espera
Mas que deixas janelas e pernas fechadas
Pela porta, só se for outro pirata!

E a nau vagueia insana nesse mar absorto e absurdo!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 27/05/2005
Código do texto: T20130
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:56)
Peixão