Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS PASSOS DE UMA LENDA



Corações batem apressados
Passos se perdem na estrada
Cânticos ressoam buscando a amada
E onde estás que não lhe vejo
Então minhas lágrimas encontram ardente desespero

Entrelaçam-se fazendo zunir todo o silêncio que havia em mim
De mãos em mãos as primícias vão se desfazendo
Tornei-me um bloco de minhas angústias
Sou um cavaleiro montado em pequenos rebanhos de solidão
Que me leve sua lembrança de um dia sermos um

Não quero tornar a ver o solo em que pisei
Desmembrarei minha terra de todos os reinos
Subirei aos céus para te encontrar e me ver de novo
Ó doce orquídea rara e agraciada
Minha prece a Deus é que tu se apresses em vir

Deus, Deus meu e de todos os amantes
Fales comigo e não me deixe à deriva de tua graça
Lembres de mim e de minha amada pátria
Que busco incessantemente todos os dias de minha jornada
Não, Não deixes que eu pereça a procurá-la

De todos os prazeres, amar foi impossível
Amei sem saber, namorei sem saborear o beijo
Desta que foi minha única paixão distante de meus anos
Sabor e desejos proibidos me levaram a esta prisão
Aonde minhas lágrimas escrevem minha solidão

autor: Danilo Padovan
Daykon
Enviado por Daykon em 25/07/2006
Código do texto: T201391
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daykon
Santa Fé - Paraná - Brasil, 33 anos
46 textos (1217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:55)