Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto em versos

O meu canto mudo
Descamba no mundo
Foge apressado dilacerado
É canto inverso de verso trocado
 
Os meus pés alados fogem
Na poeira dos versos sem aragem
Versos afogados sem deleite na restinga
Na hora morta que incessantemente respinga
 
Eu canto meu verso inverso de coração alado
O verso nú em minh´alma hoje tatuado
Tem gosto de sede e liberdade
De arlequim e saudade
 
Correm meus versos na orla do coração
Versos mudos poídos na razão
Minha oferta de amor puro
Em meu peito seguro
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 27/05/2005
Código do texto: T20156

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55644 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:05)
Angélica Teresa Almstadter